Make your own free website on Tripod.com

 homecursos quem sou links email
 SHANTA'S CENTRO DE EDUCAÇÃO HOLÍSTICA - ARTIGOS - voltar

 barra

AMOR

Vocês já perceberam que sofremos muito mais por amor do que por ódio!
Quando não gostamos de alguém é simples, deletamos a tal pessoa da vida e pronto!

Mas...quando a gente ama ou é amado, que problemão! Começa a coisa da posse, do ciúme, da falta de espaço, do medo de perder, da insegurança e nem é preciso desfilar aqui todas as cobranças e conseqüências do amor. Vamos pensar se isto pode MESMO ser amor?

Não gostamos de viver a realidade, vivemos ilusões. E é isso que nos traz os maiores
prejuizos na vida.

Pense na sua família. Você gostaria que sua mãe fosse assim, que seu pai fosse assado, que seu filho fosse ao ponto e que sua irmã fosse a parmegiana. Mas sabe, tenho uma novidade para
contar. Você gostaria que seu marido fosse mais gentil, mas ELE NÃO É. Você gostaria que sua filha fosse mais quieta, mas ELA NÃO É. Você gostaria de ser loira, mas VOCÊ NÃO É.

Cada um É O QUE É e tem direito de ser e de ter suas próprias experiências, seus próprios pensamentos, seus próprios erros, seus próprios tombos, suas próprias alegrias.

E agora o que você vai fazer? Vai continuar enchendo a paciência sua e a dos outros? Vai continuar sofrendo porque não são o que pensa que deveriam ser para preencher sua ilusão de família?

A escolha é sua, mas vou te contar mais uma novidade. Você vai continuar sofrendo porque não mudamos ninguém, NINGUÉM mesmo. As pessoas são o que são, as coisas acontecem como acontecem, e precisamos aprender a ver o que as coisas e as pessoas são ou vamos continuar sofrendo.

Nem você é o que você pensa que deveria ser! Por isso vive lamentando as imperfeições que não caem bem na pessoa que você sonhou que é!

E agora, pergunto? Sua mãe não lhe deu colo, ok. E você, já se deu? Seu pai não lhe amou. Ok. E você se ama? Ou está fazendo "tudo, tudo, tudo como nossos pais"? Não vai mudar as coisas? Vai continuar sofrendo? Ok. Mas é uma escolha sua. Porque ninguém está lhe segurando, senão você mesmo.

Claudia Giovani

 Voltar Próximo
 Todo e qualquer texto deste site requer autorização prévia da autora para sua edição em outros sites. Obrigada.
 Dúvidas, sugestões ou interesses comuns, escreva-me.

 barra

 homecursosquem soulinksemail

 http://sites.uol.com.br/claudiagiovani/

Atualizada em 07/04/02